Destaque

O Exorcista

A Virago 250 do Doido destaca-se logo no primeiro olhar, todos nós a identificamos de longe. A motocicleta é toda personalizada, pintura formando chamas, guidon alto, muito couro e franjas, além de ostentar, em diversos pontos da moto, cento e vinte caveiras de diversos tamanhos, cores e formas.

Alexandre, Doido do Rock ou simplesmente Doido, do MC Guerreiros do Rock, é pessoa afável, bom amigo, de riso fácil que, com sua boa conversa anima qualquer roda. Ele considera as caveiras como um símbolo de igualdade ao final da vida, um símbolo da fragilidade humana.

Certa vez, sendo uma pessoa de muita fé e temente a deus, ele procurou um conhecido padre com a finalidade de benzer sua companheira de estrada. Aguardou que o velho sacerdote atendesse outros fiéis na sacristia e no confessionário e, quando o padre o atendeu, Doido explicou o motivo de sua presença ali.

O padre não colocou obstáculo, muito pelo contrário, até lembrou que tinha sido motociclista na sua juventude já longínqua e, com muita boa vontade pegou a vasilha com água benta, o aspersor e foi junto com o Doido para o local onde a viraguinho estava estacionada.

Ao chegarem no estacionamento, o padre já com o aspersor pronto para salpicar a água benta na motocicleta e fazer as preces correspondentes, assustou-se e interrompeu o ato ao notar aquela profusão de mórbidas caveiras espalhadas por toda a moto.

-Meu filho, disse o velho sacerdote, com as mãos trêmulas, virando-se para o Doido, - sou apenas um simples pároco, não sou exorcista não!

 
 
 

HIST√ďRIAS DE MOTOCICLETA - ¬© 2016 Todos os direitos reservados