Bitupitá - Praia onde o sol se despede do Ceará

Estive recentemente em Bitupitá, praia que encerra o litoral do Ceará pelo lado oeste, distante cerca de 430km de Fortaleza, com direito a 50km de estrada não pavimentada. No Pontal das Almas há um estuário que indica o final das praias cearenses.

É uma praia extensa, com larga faixa de areia e a vila fica entre o mar e um imenso maguezal. A pesca é farta, feita através da currais de peixes e redes tipo caçoeira. Do manguezal se extrai caranguejos e ostras com fartura. Tudo gira em torno da pesca.

É o tipo do lugar em que a vida passa devagar e o relógio mais importante é a maré. Logo pela manhã encontramos muitas pessoas na praia aguardando a chegada das embarcações a vela, que têm formato bem diferente das que costumo ver no outro extremo do Estado, em Icapuí.

Ao entardecer, a areia movimentando-se ao sabor do vento dá uma aspecto surreal à praia. As pessoas parecem flutuar sobre chão. O sol parece caprichar nas cores ao se despedir do dia.



 
 
 
 

HISTÓRIAS DE MOTOCICLETA - © 2016 Todos os direitos reservados